Sobre

Eles são muitos. Eles querem seu cérebro. E eles simplesmente… não .. acabam.

Podem ser chamados, mensagens na sua caixa de email, ligações vindas do helpdesk, de usuários ou do seu chefe. Ou todas as acima. Você sabe que precisa de ferramentas melhores, melhorar suas  habilidades, afiar o seu machado. Mas é preciso continuar matando eles com o que estiver à mão, senão eles vão te pegar. Pode bater um desespero, lhe faltar a esperança. Não tem equipe de resgate. Não há cura.

Eu sou um sysadmin, e já me senti assim vezes demais. Como não há cura para a horda de tarefas que nos assombra, é preciso matá-las mais e mais rápido, ou melhor ainda, evitar que elas surjam. E automação é fundamental para isso.

Eu sou Diego Morales, sou um cara de Unix (ok, mais Linux), e trabalho com infraestrutura de TI desde 2000, passando pelos setores público e privado, tanto do lado que vende quanto do lado que consome serviços de TI, com experiência também em rede, storage, windows e desenvolvimento. Mais detalhes no LinkedIn. Mas lá não consta que eu também asso um famoso costelão 12 horas :D.

Hoje eu trabalho na Stone Pagamentos, uma empresa que está aí para mudar o mercado de pagamentos no Brasil, e nesse caminho se tornar referência em tecnologia e inovação. Atualmente em um projeto para fornecer à empresa um novo ambiente de TI calcado no auto-serviço e nas práticas DevOps.

Contatos, sites e redes: